Notícias

UTILIZAÇÃO DA TYPHA DOMINGENSIS EM FLUTUAÇÃO, NO TRATAMENTO DE EFLUENTES SANITÁRIOS

A falta de recursos para o setor de saneamento básico tem sido a justificativa para o alarmante déficit na área de tratamento de esgotos observado no Brasil. Somado a isso, o aumento do número de habitantes em algumas cidades, bem como o desenvolvimento dos setores industrial e rural sem planejamento em relação aos recursos hídricos disponíveis, aumenta as possibilidades de contaminação dos mesmos. Diante deste cenário é fundamental que sejam realizadas pesquisas aplicadas que busquem novas tecnologias de tratamento de efluentes para suprir esta carência do Brasil.

O tratamento de esgoto empregando plantas macrófitas em regime de flutuação, cuja tecnologia foi desenvolvida por um pesquisador espanhol, destaca-se como uma tecnologia que apresenta baixo custo de implantação, operação e manutenção, possuindo ainda as vantagens de possibilidade de reuso e de aproveitamento da água tratada, principalmente, para o uso industrial.

O interesse público na aplicação dessa tecnologia sustentável e de baixo custo, viabilizou a instalação e operação de um reator biológico adaptado com uso de macrófitas em flutuação, para realizar o tratamento do esgotamento sanitário da cidade de Novo Hamburgo e permitir o acompanhamento da evolução da eficiência obtida na depuração deste tipo de efluentes.

            O reator teve a superfície totalmente coberta com a espécie vegetal Typha domingensis, colocadas em regime de flutuação com o uso de balsas plásticas. As espécies foram preparadas e plantadas a partir de plantas adultas, cortadas e adaptadas ao formato das balsas.

            Dos resultados obtidos, pode-se perceber que a variação proposta no sistema de tratamento, apresentou as eficiências nas remoções, das cargas na proporção percentual representadas: DQO (56,8 %), DBO5 (56,4 %), nitrogênio amoniacal (46 %), fósforo total (51 %), sólidos suspensos (34 %) e coliformes fecais (E.coli) (80 %).

Consulte o trabalho na íntegra em http://bit.ly/1S1cn90


Outras notícias